Saltar para o conteúdo principal da página
Património Cultural

Exposições Até 27 de fevereiro de 2022

Quando os Discípulos eram Mestres | Desenhos

Está patente até 27 fevereiro de 2022 na Sala do Mezanino, piso 0, do Museu Nacional de Arte Antiga, em Lisboa, a exposição de desenhos Quando os Discípulos eram Mestres, comissariada por Alexandra Gomes Markl

Copiar as obras dos grandes mestres do passado foi durante muito tempo a base do sistema de formação artística. Utilizando as melhores aptidões e recursos técnicos, os discípulos copiavam ou reinterpretavam, diligentemente, de forma integral ou parcelar, as grandes obras dos mestres que mais admiravam, de forma a absorver as lições nelas contidas. Não eram, contudo, apenas os jovens aprendizes que se exercitavam nesta forma de estudo – prática seguida ao longo dos tempos –, mas também os artistas já treinados e experientes recorriam a este método de trabalho como forma de observação, de registo ou de adestramento das capacidades. Nesta exposição, dedicada às cópias antigas de grandes obras da arte italiana do Renascimento, maioritariamente executadas por autores desconhecidos e algumas atribuídas a importantes nomes do século XVI, expõe-se um núcleo de desenhos que tem passado despercebido. 

Organização:
MNAA/DGPC
Local:
Sala do Mezanino, piso 0, do Museu Nacional de Arte Antiga, em Lisboa