Saltar para o conteúdo principal da página
Património Cultural

Exposições Até 22 de outubro

Joaquim Carneiro da Silva (1727-1818), desenhador e gravador

Está patente até 17 de outubro, na Sala do Mezanino, no Museu Nacional de Arte Antiga, em Lisboa a exposição Joaquim Carneiro da Silva (1727-1818), desenhador e gravador.

Considerado o mais relevante gravador português da segunda metade do século XVIII, Joaquim Carneiro da Silva (1727-1818) foi também um desenhador de enorme talento. Nascido no Porto, após alguns anos no Brasil onde começou a sua formação, continuada depois em Itália (Roma e Florença), acabou por estabelecer-se em Lisboa onde desenvolveu longamente a sua atividade. Nesta exposição, através da apresentação em simultâneo destas duas facetas da sua obra, revisitamos a sua produção em ambos os domínios do desenho e da gravura.

Organização:
MNAA/DGPC
Local:
Sala do Mezanino, no Museu Nacional de Arte Antiga, Lisboa