Saltar para o conteúdo principal da página

Exposições 27/11/2015 - 27/11/2015

Exposição O Tempo Resgatado ao Mar

Inaugura no dia 27 de novembro, às 16h00, no Museu da Pedra, em Cantanhede, Coimbra, a Exposição O Tempo Resgatado ao Mar.

Uma proposta de síntese do conhecimento produzido nas três últimas décadas no domínio da arqueologia náutica e subaquática, esta exposição apresenta um espólio diversificado, com mais de 300 peças, oriundas de ambientes marítimos, fluviais ou húmidos de todo o território nacional, algumas delas nunca antes mostradas ao público, que cobrem simultaneamente um espetro cronológico, desde a época pré-romana ao século XX.

O Mar, recurso sempre presente na nossa história colectiva, é o lugar de onde se resgatam os testemunhos que nos contam histórias de outros tempos e de muitas gentes, num ambiente misterioso e inacessível para a grande maioria de nós.

No imaginário, em particular no europeu, está gravada uma história trágico-marítima, que se inicia com a epopeia dos Descobrimentos, mas no fundo do mar repousam muitos outros indícios que nos permitem recuar aos primórdios das navegações na Antiguidade pré-Clássica.

A exposição, comissariada pelo Doutor Adolfo Silveira, permite ao visitante uma aproximação aos contextos arqueológicos, ao quotidiano dos navios e da viagem, e aos grandes naufrágios ocorridos na nossa costa. 


Com esta exposição evidenciam-se, também, os programas nacionais e internacionais de conservação e restauro dos acervos recolhidos da atividade arqueológica náutica e subaquática, contribuindo decisivamente para a sensibilização da comunidade para a necessidade do registo e salvaguarda deste património cultural.

Organização:
MNA/DGPC; CM Cantanhede
Local:
Museu da pedra, Cantanhede