Saltar para o conteúdo principal da página
Património Cultural

Exposições Prolongada até 19 de dezembro

Exposição “Lugares Encantados, Espaços de Património”

Foi prolongada até 19 de dezembro, no Museu Nacional de Etnologia, em Lisboa, a Exposição Lugares Encantados, Espaços de Património.

A exposição centra-se na interrogação de processos de construção de identidades configuradas a partir da articulação entre património e religião na sociedade portuguesa contemporânea. Tal interrogação constituiu o fundamento de recentes pesquisas de terreno desenvolvidas recentemente por uma equipa de investigadores que se debruçaram sobre os quatro estudos de caso – Fátima, Mértola, Mouraria (Lisboa) e Sintra – que a exposição dá a conhecer, revelando-nos assim outros tantos modos de recurso ao passado e afirmação de identidades, de âmbito religioso ou secular, coletivo ou institucional.

Poderá visitar o website da exposição

 

Para além da documentação fotográfica e fílmica produzida em contexto de pesquisa de terreno, assim como de documentação de arquivos diversos, a exposição integra peças das coleções do Museu de Mértola, do Museu Nacional de Arqueologia e da Parques de Sintra – Monte da Lua (Convento dos Capuchos e Palácio Nacional assimde Sintra) como peças de coleções particulares.

A exposição constitui o culminar da componente nacional do projeto HERA HERILIGION  The heritagization of religion and the sacralization of heritage in contemporary Europe / A patrimonialização da religião e a sacralização do património na Europa Contemporânea. Este projeto foi desenvolvido no âmbito de um consórcio de instituições de cinco países (Dinamarca, Holanda, Polónia, Portugal e Reino Unido) e financiado no âmbito do Joint Reasearch Programme ‘Usos do Passado’ da rede HERA – Humanities in the European Research Area, do qual faz parte a Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Em Portugal, o projeto encontra-se sediado no Centro de Estudos Comparatistas da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, constituindo-se o Centro em Rede de Investigação em Antropologia como instituição participante. O Museu Nacional de Etnologia acolhe a exposição na qualidade de parceiro associado, desde 2016, do projeto de investigação.

 

 

 

Organização:
MNE/DGPC
Local:
Museu Nacional de Etnologia, Lisboa