Skip Navigation

Programa de Rádio Encontros com o Património

Integrar o Património Cultural no quotidiano é um desafio que se coloca, hoje em dia, à administração central e local, ao definir as políticas de âmbito cultural, de ordenamento do território ou ambiental, e que deve ser encarado como um contributo essencial para a prossecução de um desenvolvimento sustentável.

A manutenção de um conjunto de valores associados ao Património Cultural surge natural através da sua incorporação nos desígnios do presente, permitindo, simultaneamente, uma regeneração de espaços e ideias que contribuem para o aumento da qualidade de vida dos cidadãos. Esta apetência cultural, social, ambiental e económica do património amplia os desafios que se colocam ao modo como hoje se entende a sua salvaguarda, ao mesmo tempo que os monumentos já reconhecidos como o ex-libris da identidade nacional devem perpetuar essa sua já consentida vocação pedagógica, didática ou turística, implicando uma clara definição de programas integrados de manutenção, conservação, valorização e comunicação..

Aproximar a população em geral das preocupações referenciadas acima e transmitir a um público, cada vez mais vasto, que a preservação do património cultural edificado, urbano, arqueológico, paisagístico e imaterial exige uma ação conjunta e uma mudança de atitude que valorize esta herança comum, é uma das missões da Direção-Geral do Património Cultural. 

Para a concretização deste objetivo o IGESPAR, em 2007, iniciou uma parceria com a TSF, desenvolvendo um projeto de difusão alargada do património através do Programa de Rádio Encontros com o Património, projeto prosseguido pela DGPC.

Na génese deste projeto encontravam-se diferentes desafios:
i) chegar a um público diversificado e numeroso;
ii) difundir o património através de outro meio de comunicação que divergisse dos suportes geralmente utilizados;
iii) manter uma regularidade de emissões que permitisse que a mensagem fosse constantemente audível, de modo a criar um público interessado por esta temática;
iv) divulgar a diversidade e multiplicidade do património, evidenciando as tipologias e categorias distintas, bem como a amplitude das disciplinas intervenientes no seu estudo e das potencialidades da sua fruição e habitabilidade; 
v) gravar, os programas sempre que possível, no local, de modo a captar os sons que habitam e definem a especificidade de cada lugar, o que excede largamente o edificado; 
vi) convidar um leque alargado de profissionais que trabalham no, com e para o património, ou de responsáveis pela sua gestão;
vii) relevar, sempre que possível, datas e comemorações de âmbito nacional ou internacional relacionados com o património, como o Dia Internacional de Monumentos e Sítios ou as Jornadas Europeias do Património; o Dia Internacional dos Museus, Noite Europeia dos Museus
viii) fornecer informação atualizada, rigorosa, e acessível, com o objetivo de captar e fidelizar um público cada vez mais vasto e despertar na população o interesse para o património.

Encontros com o Património definiu-se então como um programa semanal de rádio, emitido aos sábados entre as 12h00 e as 13h00, e reemitido no dia seguinte entre a 01h00 e as 02h00, caracterizando-se pela participação de diversos convidados que, durante 50 minutos, percorrem os aspetos mais significativos ou singulares do tema proposto.

A primeira série teve início a 10 de Novembro de 2007, tendo até hoje sido emitidos neste 7 anos cerca de 300 programas com a participação de cerca de 1000 convidados, abordando-se temas tão diversos como barragens, castelos, palácios, quintas de recreio, vilas, museus, conventos, faróis, minas, património arqueológico, igrejas, cidades, arquitectura, património mundial, paisagens classificadas ou cafés; temas que retratam quer a diversidade do património existente no continente, como nas ilhas dos Açores e da Madeira, quer a plural herança que os portugueses legaram no Brasil, na ilha de Moçambique, no norte de África ou na Índia.

Encontros com o Património ganhou em 2010 o prémio Autores (SPA) para o Melhor Programa de Rádio e duas Menções Honrosas, uma atribuída no âmbito do Prémio Nacional de Ambiente Fernando Pereira 2009/2010 e outra pela APOM, na categoria de melhor trabalho jornalístico, esta última de novo entregue pela APOM em 2012. 

Em 2014 recebeu o prémio do Património Cultural da União Europeia/Prémios Europa Nostra na categoria Educação, formação e sensibilização.

A primeira série teve início a 10 de Novembro de 2007, tendo até hoje sido abordados, nestes 8  anos, cerca de 285 temas com a participação de cerca de 1040 convidados. Foram tratandos temas tão diversos como barragens, castelos, palácios, quintas de recreio, vilas, museus, conventos, faróis, minas, património arqueológico, igrejas, cidades, arquitetura, património mundial, paisagens classificadas ou cafés, que retratam quer a riqueza e diversidade do património existente no continente e nas ilhas dos Açores e da Madeira, quer a plural herança que os portugueses legaram um pouco por todo o mundo.

Em 2014 recebeu p prémio do Património Cultural da União Europeia/Prémios Europa Nostra  na categoria Educação, Formação e Sensibilização.

Em 2010 recebeu o prémio Autores (Sociedade Portuguesa de Autores) para o Melhor Programa de Rádio e duas Menções Honrosas, uma atribuída no âmbito do Prémio Nacional de Ambiente Fernando Pereira 2009/2010 e outra pela APOM, na categoria de melhor trabalho jornalístico, esta última de novo entregue pela APOM em 2012. 

Link para a página do programa no site da TSF: http://www.tsf.pt/programa/encontros_com_o_patrimonio.html - aqui encontra a emissão mais recente e todo o histórico dos programas já emitidos; é uma página para audição online, no site, e não permite fazer o download do programa.

Link para o podcast do programa: http://feeds.tsf.pt/Tsf-EncontrosPatrimonio - este link é o que permite descarregar os programas. Pode ser usado num player como o iTunes ou semelhante, fazendo a subscrição de podcast; em qualquer leitor de Feeds RSS; ou num browser que suporte feeds RSS.

Organização: Direção-Geral do Património Cultural / Divisão de Documentação, Comunicação e Informática.

Parceria: Direção-Geral do Património Cultural/TSF Rádio Notícias

Patrocínio: Lusitania Seguros

Coordenação geral: Manuel Lacerda

Conceção e Coordenação de conteúdos: Margarida Donna-Botto, Sandra Vaz Costa; Manuel Lacerda

Condução e edição do programa: Manuel Vilas Boas

width=