Skip Navigation

Igreja e claustro do Convento das Chagas - detalhe

Designação

Designação

Igreja e claustro do Convento das Chagas

Outras Designações / Pesquisas

Real Convento das Chagas de Cristo / Pousada D. João IV / Igreja e Convento das Chagas (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Religiosa / Igreja

Inventário Temático

-

Localization

Divisão Administrativa

Évora / Vila Viçosa / Nossa Senhora da Conceição e São Bartolomeu

Endereço / Local

Terreiro do Paço
Vila Viçosa

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como MN - Monumento Nacional

Cronologia

Decreto n.º 33 587, DG, I Série, n.º 63, de 27-03-1944 (Igreja e Claustro)(ver Decreto)

ZEP

Despacho de 6-01-2014 da diretora-geral da DGPC a devolver o processo à DRC do Alentejo para reanálise
Proposta de 18-11-2013 da DRC do Alentejo para alteração da ZEP, no sentido de serem introduzidas restrições
Portaria n.º 527/2011, DR, 2.ª série, n.º 88, de 6-05-2011 (com ZNA) (como o Centro Histórico de Vila Viçosa não está classificado, fixou a ZEP conjunta dos imóveis classificados e em vias de classificação do centro histórico de Vila Viçosa e revogou o diploma anterior) (ver Portaria)
Portaria n.º 223/2010, DR, 2.ª série, n.º 57, de 23-03-2010 (fixou a ZEP conjunta do Centro Histórico de Vila Viçosa) (ver Portaria)
Despacho de homologação de 12-06-2007 da Ministra da Cultura
Parecer favorável de 31-05-2006 do Conselho Consultivo do IPPAR
Proposta de alteração de 21-02-2006 da DR de Évora
Portaria n.º 214/91, DR, II Série, n.º 157, de 11-07-1991 (ZEP do conjunto formado pelo Paço Ducal, Igreja dos Agostinhos e Igreja e Claustro do Convento das Chagas)

Zona "non aedificandi"

Portaria n.º 527/2011, DR, 2.ª série, n.º 88, de 6-05-2011
Portaria n.º 223/2010, DR, 2.ª série, n.º 57, 23-3-2010

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

World Heritage

-

General Description

Nota Histórico-Artistica

Em c. 1514, D. Jaime, IV Duque de Bragança, que então habitava o paço de Vila Viçosa, mandou fundar um convento destinado a Panteão das Senhoras da sua Casa, e igualmente a receber as suas filhas solteiras. O Real Convento das Chagas de Cristo foi terminado em 1533, no tempo de seu filho D. Teodósio, V Duque.
A igreja, de estilo renascença, possui fachadas contrafortadas e portal apilastrado em mármore da região. O claustro clássico, datado do reinado de D. João III, tem dois pisos vazados por arcarias geminadas. Á volta do claustro, para onde deitam várias capelas, desenvolvem-se as dependências conventuais. A igreja, de nave única, é revestida por azulejos datados de 1626. A abóbada é decorada com pinturas a fresco. A capela-mor, coberta por abóbada estrelada, possui um retábulo é de estilo nacional, da época de D. João V.
O edifício conventual foi adaptado à hotelaria, nele funcionando a Pousada D. João IV. SML

Images

Bibliografia

Título

Memórias de Vila Viçosa, vol. IV

Local

Vila Viçosa

Data

1987

Autor(es)

ESPANCA, Pe. Joaquim da Rocha

Título

Inventário Artístico de Portugal - vol. IX (Distrito de Évora, Zona Sul, volume I)

Local

Lisboa

Data

1978

Autor(es)

ESPANCA, Túlio

Título

«Mosteiros de Vila Viçosa», Cidade de Évora, nº 53/54

Local

-

Data

-

Autor(es)

ESPANCA, Túlio

Título

Santuário Mariano

Local

Lisboa

Data

1933

Autor(es)

SANTA MARIA, Frei Agostinho de

Título

A arquitectura manuelina

Local

Vila Nova de Gaia

Data

2009

Autor(es)

DIAS, Pedro