Skip Navigation

Castelo de Alcácer do Sal - detalhe

Designação

Designação

Castelo de Alcácer do Sal

Outras Designações / Pesquisas

Pousada D. Afonso III / Castelo e cerca urbana de Alcácer do Sal (Ver Ficha em www.monumentos.gov.pt)

Categoria / Tipologia

Arquitectura Militar / Castelo

Inventário Temático

-

Localization

Divisão Administrativa

Setúbal / Alcácer do Sal / Alcácer do Sal (Santa Maria do Castelo e Santiago) e Santa Susana

Endereço / Local

Rua do Castelo
Alcácer do Sal

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como MN - Monumento Nacional

Cronologia

Decreto de 16-06-1910, DG, n.º 136, de 23-06-1910 (ver Decreto)

ZEP

Despacho de 9-12-2014 do diretor-geral da DGPC a devolver o processo à DRC do Alentejo para reanálise
Nova proposta de 18-07-2014 da DRC do Alentejo
Proposta de 13-11-2013 da Unidade de Coordenação de Classificações da DGPC para que a ZEP a fixar seja em simultâneo do Castelo de Alcácer do Sal e da Igreja Matriz de Alcácer do Sal, também chamada Igreja de Santa Maria do Castelo, que se situa no seu interior
Anúncio n.º 13758/2012, DG, 2.ª série, n.º 237, de 7-12-2012 (ver Anúncio)
Parecer favorável de 15-12-2010 da SPAA do Conselho Nacional de Cultura
Nova proposta de 25-10-2010 da DRC do Alentejo
Despacho de 10-12-2009 do director do IGESPAR, I.P. a devolver o processo à DRC do Alentejo para reanálise
Proposta de 7-04-2009 da DRC do Alentejo
Nova proposta de 16-05-2005 da CM de Alcácer do Sal
Proposta de 26-09-2003 da CM de Alcácer do Sal

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

World Heritage

-

General Description

Nota Histórico-Artistica

Predominante sobre o vale do Sado, o cerro onde se encontra implantado o Castelo de Alcácer do Sal foi sucessivamente ocupado desde o século VI a. C., tendo sido um dos mais importantes centros urbanos e militares do território islâmico peninsular.
A imponente fortificação medieval data precisamente do século XII, sendo conquistada em 1158 por D. Afonso Henriques. D. Sancho I doou-a à Ordem de Santiago, cujos cavaleiros haviam auxiliado o monarca fundador na conquista. No ano de 1191 o exército almôada reocupou a fortaleza, até que em 1217 o castelo ficou definitivamente na posse de D. Afonso II.
A colina onde está edificado o castelo é habitada desde a Idade do Ferro, tendo-se tornado num importante município durante a ocupação romana. Com o domínio islâmico, a partir do século VIII, Alcácer manteve-se um importante centro urbano e militar, com um poderoso e eficaz sistema defensivo.
Já na posse da coroa portuguesa, o castelo medieval foi reformado e ampliado, possuindo, à época, uma estrutura bem maior e mais imponente do que hoje se apresenta. A construção organiza-se em planta irregular, com duas linhas de muralhas onde se dispõem torres de planta quadrada a espaços regulares. Aí se instalaram os Paços dos Comendadores da Ordem de Santiago, até à transferência da sede da ordem para Mértola em 1239, e os Paços Reais, onde foi aclamado D. Manuel I.
Ao longo do século XV o castelo perdeu gradualmente as funções militares que teve durante toda a Idade Média. Em 1573 Rui Salema, fidalgo da Casa do Infante D. Luís, fundou dentro da cerca da fortaleza o Convento de Nossa Senhora de Aracaeli que foi ocupar as "instalações do palácio da Ordem de Santiago da Espada aí pré existente" (FERREIRA, GOMES, 2008, p. 8). As freiras clarissas habitaram o espaço por mais de 300 anos, até que a extinção das ordens religiosas ditou o fim progressivo da comunidade conventual.
Da estrutura do convento, de traça maneirista, subsiste o templo de nave única com coro duplo e capela-mor coberta por zimbório, e o claustro de quatro alas, com amplas arcadas no piso térreo e janelas de sacada no superior.
A partir dos finais do século XIX, com o abandono das instalações, o edifício foi ficando arruinado, e somente na década de 90 do século XX se iniciaram obras profundas de recuperação, tanto do antigo convento como do castelo. Em 1998 o antigo espaço conventual foi transformado numa pousada, e dez anos depois foi aberta a Cripta Arqueológica do Castelo de Alcácer do Sal,
Foi também neste período que importantes escavações arqueológicas no local puseram a descoberto vestígios de ocupação desde o Neolítico ao período pós-Reconquista, atravessando a Idade do Ferro e as épocas de ocupação romana e árabe. Muitas das peças encontradas estão actualmente expostas no museu arqueológico do castelo.
Catarina Oliveira
DIDA/ IGESPAR, I.P./ Outubro de 2010

Images

Bibliografia

Título

Roteiro dos Monumentos Militares Portugueses

Local

Lisboa

Data

1948

Autor(es)

ALMEIDA, João de

Título

Património arqueológico do distrito de Setubal. Subsídios para uma carta arqueológica

Local

Setúbal

Data

1993

Autor(es)

FERREIRA, Carlos Jorge Alves, LOURENÇO, Fernando Severino, SILVA, Carlos Manuel Lindo Tavares da, SOUSA, Paula

Título

O castelo de Alcácer do Sal. Um projecto de arqueologia urbana, Bracara Augusta, vol. 46 (Actas do Encontro de Arqueologia Urbana), pp.215-264

Local

Braga

Data

1994

Autor(es)

PAIXÃO, António Manuel Cavaleiro, CARVALHO, António Rafael, FARIA, João Carlos Lázaro

Título

Castelos e Fortalezas da Costa Azul

Local

-

Data

-

Autor(es)

VICTOR, Isabel, GONÇALVES, Luís J.

Título

Os mais belos castelos e fortalezas de Portugal

Local

Lisboa

Data

1986

Autor(es)

GIL, Júlio, CABRITA, Augusto

Título

Castelo de Alcácer do Sal, Informação Arqueológica, nº2, pp.73-76

Local

Lisboa

Data

1982

Autor(es)

SILVA, Carlos Manuel Lindo Tavares da, SOARES, Maria Joaquina Coelho

Título

Castelos da Ordem de Santiago: a região do Sado, Actas do 3º Congresso de Arqueologia Peninsular, vol. VII, pp.169-186

Local

Vila Real

Data

2000

Autor(es)

FERNANDES, Isabel Cristina Ferreira

Título

Cerâmicas romanas de lado ocidental do castelo de Alcácer do Sal, 3: paredes finas, pasta depurada, engobe vermelho pompeiano e lucernas, Revista Portuguesa de Arqueologia, vol. 6, nº2, pp.383-399

Local

Lisboa

Data

2003

Autor(es)

SOUSA, Élvio Melim de, FERREIRA, Marisol Aires, FARIA, João Carlos Lázaro, SEPÚLVEDA, Eurico

Título

O castelo de Alcácer do Sal em 1758, Castrum, nº1

Local

-

Data

1984

Autor(es)

FALCÃO, José António, FERREIRA, Jorge Rodrigues

Título

O Castelo de Alcácer do Sal e a utilização da taipa militar durante o domínio Almóada, Dissertaçaõ de Mestrado apresentada à Universidade de Évora

Local

Évora

Data

1995

Autor(es)

CHAGAS, José António Amaral Trindade

Título

Alcácer do Sal na Idade Média, Dissertação de Mestrado apresentada à Universiade Nova de Lisboa

Local

Lisboa

Data

1998

Autor(es)

PEREIRA, Maria Teresa Lopes

Título

Alcácer do Sal. Esbôço de uma monografia, Biblos, nº6, sep.

Local

Coimbra

Data

1930

Autor(es)

CORREIA, Vergílio

Título

Subsídios para o estudo da romanização no curso inferior do Sado, Dissertação de Mestrado apresentada à Universidade do Porto

Local

Porto

Data

1988

Autor(es)

FARIA, João Carlos Lázaro

Título

Lucernas romanas de Alcácer do Sal, O Arqueólogo Português, nº7-9, pp.347-354

Local

Lisboa

Data

1979

Autor(es)

CABRAL, Maria Elisabete Figueiredo

Título

Cerâmica romana de Alcácer do Sal

Local

Lisboa

Data

1980

Autor(es)

DIOGO, António Manuel Dias

Título

Inscrição de Alcácer do Sal, Conimbriga, nº16

Local

Coimbra

Data

1977

Autor(es)

VIEGAS, João Rosa

Título

O Castelo de Palmela. Do islâmico ao cristão

Local

Palmela

Data

2004

Autor(es)

FERNANDES, Isabel Cristina Ferreira

Título

Escavações arqueológicas no Castelo de Alcácer (Campanha de 1979), Setúbal Arqueológica, nº6-7, pp.149-218

Local

Setúbal

Data

1981

Autor(es)

SILVA, Carlos Manuel Lindo Tavares da

Título

Escavações arqueológicas no Castelo de Alcácer do Sal: 5000 anos de História, Al-Madan, nº1, pp.1-3

Local

Almada

Data

1983

Autor(es)

SILVA, Carlos Manuel Lindo Tavares da

Título

Castelo de Alcácer do Sal, Descobertas Arqueológicas no Sul de Portugal, pp.47-55

Local

Lisboa

Data

1980

Autor(es)

SILVA, Carlos Manuel Lindo Tavares da, SOARES, Maria Joaquina Coelho

Título

A gloriosa história dos mais belos castelos de Portugal

Local

Barcelos

Data

1969

Autor(es)

PERES, Damião

Título

Manuelino. À descoberta da arte do tempo de D. Manuel I

Local

Lisboa

Data

2002

Autor(es)

DIAS, Pedro

Título

Alcácer, Terra de Deusas - Detalhes da Vida Privada

Local

Alcácer do sal

Data

2008

Autor(es)

FERREIRA, Marisol Aires, CARVALHO, António Rafael, GOMES, Esmeralda

Título

Alcácer do Sal islâmica

Local

Alcácer do Sal

Data

2004

Autor(es)

FERREIRA, Marisol Aires, CARVALHO, António Rafael, FARIA, João Carlos Lázaro

Título

Castelos em Portugal. Retrato do seu Perfil Arquitectónico

Local

Coimbra

Data

2010

Autor(es)

CORREIA, Luís Miguel Maldonado de Vasconcelos

Título

Castelo de Alcácer do Sal, Informação Arqueológica, nº4, pp.99-101

Local

Lisboa

Data

1984

Autor(es)

SILVA, Carlos Manuel Lindo Tavares da, SOARES, Maria Joaquina Coelho

Título

Vidros do castelo de Alcácer do Sal, Setúbal Arqueológica, nº4, pp.145-154

Local

Setúbal

Data

1978

Autor(es)

ALARCÃO, Jorge Manuel N. L.

Título

Nótula sobre cerâmica campaniense do Castelo de Alcácer do Sal, Setúbal Arqueológica, nº4, pp.133-143

Local

Setúbal

Data

1978

Autor(es)

SOARES, Maria Joaquina Coelho

Título

Contributo para o estudo da ocupação muçulmana no Castelo de Alcácer do Sal: O Convento de Aracoelli, Arqueologia Medieval, nº7, pp.197-209

Local

Mértola

Data

2001

Autor(es)

PAIXÃO, António Manuel Cavaleiro, CARVALHO, António Rafael, FARIA, João Carlos Lázaro

Título

Fragmento de um tabuleiro de jogo de «Alquerque de Nove» proveniente do Castelo de Alcácer do Sal, Arqueologia Medieval, nº7, pp.211-215

Local

Mértola

Data

2001

Autor(es)

CARVALHO, António Rafael, FARIA, João Carlos Lázaro

Título

Ainda sobre o nome pré-romano de Alcácer do Sal, Vipasca, nº1, pp.39-48

Local

Aljustrel

Data

1992

Autor(es)

FARIA, João Carlos Lázaro