Skip Navigation

Edifício do Clube da Sertã e do Cine Teatro Tasso - detalhe

Designação

Designação

Edifício do Clube da Sertã e do Cine Teatro Tasso

Outras Designações

-

Categoria / Tipologia

-

Inventário Temático

-

Localization

Divisão Administrativa

Castelo Branco / Sertã / Sertã

Endereço / Local

Largo Dr. José Carlos Ehrardt
Sertã

Número de Polícia: 3

Proteção

Situação Actual

Classificado

Categoria de Protecção

Classificado como MIM - Monumento de Interesse Municipal

Cronologia

Edital n.º 977/2014, DR, 2.ª série, n.º 208, de 28-10-2014 (ver Edital)
Edital n.º 10/2014 de 11-02-2014 da CM da Sertã
Despacho de 14-01-2014 do presidente da CM da Sertã a determinar a classificação como MIM
Despacho de 4-11-2013 da diretora-geral da DGPC a determinar o arquivamento do procedimento de âmbito nacional
Proposta de arquivamento de 25-10-2013 da DRC do Centro, por não ter valor nacional
Pedido de parecer de 8-08-2013 da CM da Sertã sobre a eventual classificação como de IM
Deliberação camarária de 23-04-2013 a determinar a abertura do procedimento de classificação como de IM, após requerimento do proprietário

ZEP

-

Zona "non aedificandi"

-

Abrangido em ZEP ou ZP

Abrangido por outra classificação

World Heritage

-

General Description

Nota Histórico-Artistica

«Este imóvel, cuja construção foi iniciada a 21/01/1913, sendo inaugurado (...) a 25/07/1915, integra o Clube da Sertã (...) e o Cine Teatro Tasso, interligados, mas distintos. Em 1950, o edifício sofreu uma intervenção de remodelação e restauro, e, recentemente, foi novamente alvo de obras de recuperação. (...) Encontra-se bastante bem conservado, tendo sido sempre mantida ao longo do tempo a sua integridade estrutural, a nível arquitetónico e artístico. Destaca-se (...) o facto de, ao longo dos anos, o Clube da Sertã ter desempenhado um importante papel no fomento da cultura e da educação a nível local, sendo ainda responsável pela organização de diversos espetáculos que "perduram na memória de todos".
A entrada principal dá acesso, ao lado esquerdo, a uma sala que funciona como sala de convívio, a que se segue uma outra reservada a sócios, para convívio, reuniões, encontros de caráter literário, tertúlias, etc. Em frente, uma escadaria em madeira de balaústres dá acesso aos pisos seguintes, nomeadamente ao primeiro piso, onde (...) se localiza o salão de festas, e as salas reservadas a exposição do espólio doado ao clube. No segundo piso, o torreão corresponde a uma ampla sala reservada para a Direcção, e na zona do sotão, funciona uma Escola de Música, composta por diversos compartimentos de estudo dos diferentes instrumentos, e ainda por uma sala maior, para ensaios, recitais, etc. (...) Possui uma notável biblioteca e espaço museológico que inclui o espólio doado pelos sócios, que se encontra a ser devidamente inventariado e catalogado. (...)
Já no interior, surgem efetivamente alguns apontamentos que se relacionam com a "Arte Nova" e com a "Art Déco", quer logo na entrada principal, na bandeira em vidro das portas interiores, ou na decoração magnífica do salão do primeiro piso, a nível dos tetos, cujos pormenores geometrizantes do desenho invocam já esta última, quer ainda no próprio interior do teatro.»
Proposta de arquivamento, Direção Regional de Cultura do Centro, 2013

Images