Skip Navigation

Museu-Biblioteca Condes de Castro Guimarães

O Museu-Biblioteca Condes de Castro Guimarães encontra-se instalado no edifício inicialmente conhecido por “Torre de S. Sebastião”. Foi mandado construir em 1900 por Jorge O’Neill segundo projeto do pintor Francisco Vilaça. Este edifício inserido na designada arquitetura de veraneio, de acentuado ecletismo, combina chaminés a recordar as dos palácios medievais, torres fortificadas, janelas ogivais, “arcadas manuelinas”, cúpulas de feição bizantina, varandas italianas e os nossos tão característicos alpendres minhotos. Esta combinação, de formas e estilos, recorre a elementos decorativos neo-góticos e neo-árabes, próprios do revivalismo Oitocentista de marcado gosto romântico. Em 1910 o edifício foi adquirido pelos Condes de Castro Guimarães que, em 1924, legaram em testamento ao povo de Cascais a sua casa, a “Torre de S. Sebastião”, os objetos de arte e livros, para nela se instalar um Museu Municipal e Biblioteca Pública” para usufruto da população. O edifício está enquadrado pelo Parque Marechal e pela Capela de S. Sebastião que faz parte integrante do património edificado do Museu. O Museu abriu oficialmente em 1931 e desde essa data tem-se mantido regularmente aberto ao público, realizando diversas atividades de índole cultural e lúdico/pedagógicas destinadas a diferentes tipos de público.

O Museu-Biblioteca Condes de Castro Guimarães encontra-se instalado no edifício inicialmente conhecido por “Torre de S. Sebastião”. Foi mandado construir em 1900 por Jorge O’Neill segundo projeto do pintor Francisco Vilaça. Este edifício inserido na designada arquitetura de veraneio, de acentuado ecletismo, combina chaminés a recordar as dos palácios medievais, torres fortificadas, janelas ogivais, “arcadas manuelinas”, cúpulas de feição bizantina, varandas italianas e os nossos tão característicos alpendres minhotos. Esta combinação, de formas e estilos, recorre a elementos decorativos neo-góticos e neo-árabes, próprios do revivalismo Oitocentista de marcado gosto romântico. Em 1910 o edifício foi adquirido pelos Condes de Castro Guimarães que, em 1924, legaram em testamento ao povo de Cascais a sua casa, a “Torre de S. Sebastião”, os objetos de arte e livros, para nela se instalar um Museu Municipal e Biblioteca Pública” para usufruto da população. O edifício está enquadrado pelo Parque Marechal e pela Capela de S., Sebastião que faz parte integrante do património edificado do Museu. O Museu abriu oficialmente em 1931 e desde essa data tem-se mantido regularmente aberto ao público, realizando diversas atividades de índole cultural e lúdico/pedagógicas destinadas a diferentes tipos de público.

Contacts and
Localization

Governing body:
Câmara Municipal de Cascais
Director:
José António Proença
Address:
Av. Rei Humberto II de Itália, Parque Marechal Carmona, 2750-319 Cascais
GPS:
Lat: 38.69203225084564 Long: -9.42130744708254
Phone(s):
+ 351 21 481 53 04/8/12
E-mail:
mccg@cm-cascais.pt
Site:
http://www.cm-cascais.pt/mccg/

How to get there: Percurso - do Centro de Cascais (baía) à Guia
Trains: Linha urbana de Lisboa - Cascais
Urban Bus: Autocarro BusCas

Last change: 25 February 2015

Rede Portuguesa de Museus

A Rede Portuguesa de Museus (RPM) é um sistema organizado de museus, baseado na adesão voluntária, configurado de forma progressiva e que visa a descentralização, a mediação, a qualificação e a cooperação entre museus.

A Rede Portuguesa de Museus é composta pelos 146 museus que atualmente a integram. A riqueza do seu universo reside na diversidade de tutelas, de coleções, de espaços e instalações, de atividades educativas e culturais, de modelos de relação com as comunidades e de sistemas de gestão.

+ DGPC Museums and Monumentos